27 estudantes da Região são medalhistas na 10ª Olimpíada Brasileira de Matemática das Escolas Públicas

03/12/2014 16:47h por Diana de Souza Carvalho em OBMEP

A 10ª Olimpíada Brasileira de Matemática das Escolas Públicas (OBMEP) 2014 irá premiar com medalhas 27 estudantes da Região PE02, da qual fazem parte 25 municípios, entre os quais Petrolina, Lagoa Grande, Ouricuri, Araripina e Salgueiro. Outros 219 estudantes receberão certificado de menção honrosa. Quatro escolas e dois professores da Região também serão premiados nesta edição da Olimpíada. O anúncio dos vencedores aconteceu na última sexta-feira (28) pelo site da Obmep.
 
Este foi o melhor resultado alcançado pela Região PE02 desde que a Obmep foi criada, em 2005. No ano passado, 15 estudantes da Região receberam medalhas na Olimpíada e em 2012 foram 12 medalhistas. O coordenador regional da Obmep, o professor da Univasf Severino Cirino Neto, atribui o desempenho a uma maior maturidade dos estudantes participantes. Alguns dos medalhistas já participaram de várias edições da Olimpíada. Um exemplo é o estudante do Colégio da Polícia Militar de Petrolina Gerson Vinicius Rodrigues de Macedo, medalhista de ouro da Obmep pelo terceiro ano consecutivo.

Outros destaques são os estudantes Caio Delgado Filho, também do Colégio da Polícia Militar de Petrolina, medalhista de prata nesta edição, de ouro em 2013, e de bronze em 2012; e Justino Emerson Lima Araújo, do Campus Ouricuri do Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Sertão Pernambucano (IF Sertão-PE), medalhista de prata nas duas últimas edições. Além das medalhas, os estudantes premiados serão convidados a participar do Programa de Iniciação Científica Jr. (PIC), que será realizado em 2015. A relação completa de medalhistas da Região PE02 está disponível no link abaixo e no site da Obmep.
 
“É muito gratificante acompanhar a evolução destes estudantes e vê-los despertar para o estudo de uma ciência tão importante para a sociedade”, comenta Cirino. Segundo ele, também contribuiu para incrementar o desempenho regional a realização do projeto de extensão “A Univasf descobrindo talentos em Matemática”. Aluna do Colégio da Polícia Militar de Petrolina e do projeto da Univasf, Giovanna Franchine Santos Prado obteve sua primeira medalha de bronze este ano, numa evolução citada por Cirino como exemplar. “No ano passado, ela recebeu menção honrosa e este ano, o terceiro que ela participa, Giovanna ficou com a medalha de bronze”, comemora.

Criado em março de 2012, o projeto visa incentivar o estudo de Matemática e preparar os estudantes para a Obmep, oferecendo aulas gratuitas na Univasf para estudantes de escolas públicas. As aulas são realizadas aos sábados, das 8h30 às 11h30, no bloco de salas de aula, Campus Sede, em Petrolina (PE). As inscrições podem ser feitas durante todo o ano. O projeto deverá recomeçar em 28 de fevereiro de 2015. Outras informações podem ser obtidas pelo telefone (74) 2102 7649 e pelo e-mail do Núcleo de Pesquisas e Ensino de Matemática (Nupemat): nupemat@gmail.com.
 
Participaram da 10ª Obmep mais de 18 milhões de estudantes de todo o País. Na Região PE02, 130 mil alunos se inscreveram. A Obmep é realizada pelo Instituto Nacional de Matemática Pura e Aplicada (Impa), com recursos do Ministério da Educação (MEC) e do Ministério da Ciência, Tecnologia e Inovação (MCTI) e apoio da Sociedade Brasileira de Matemática (SBM).

Renata Freitas/ Assessoria de Comunicação da UNIVASF

Imprimir notícia


Notícias Relacionadas